Nova praga: vespas assassinas chegam aos EUA e assustam apicultores

Insetos foram registrados pela primeira vez nos Estados Unidos e passaram a preocupar bastante os especialistas.

Vespas asiáticas gigantes foram vistas pela primeira vez nos EUA e os investigadores já estão buscando formas de erradicá-las, antes que suas populações cresçam, relata o New York Times.

Esses insetos agressivos, apelidados de “vespas assassinas”, são os maiores de sua espécie no mundo, com rainhas que chegam a medir até cinco centímetros. Podem eliminar colônias de abelhas em poucas horas e têm picadas suficientemente fortes para perfurar os trajes dos apicultores.

As vespas foram descobertas no estado de Washington em novembro do ano passado, quando o apicultor Ted McFall encontrou muitas abelhas mortas, com a cabeça cortada.

No início, Ted disse ao jornal que não sabia o que poderia ter atingido as abelhas, mas depois descobriu que era o resultado de um ataque de vespas asiáticas.

Segundo o jornal, esses insetos usam as suas fortes mandíbulas para decapitar as abelhas operárias, usando-as para alimentar os seus filhotes, além de destruírem as colmeias em questão de horas.

Já o veneno da vespa causa dores insuportáveis nas vítimas, constituindo uma verdadeira ameaça não só para as abelhas, mas também para os apicultores.

A mídia também acrescentou que no Japão cerca de 50 pessoas morrem todos os anos devido a ataques letais de vespas.

No momento, os cientistas procuram localizar esta espécie invasora para impedir que novas colônias de abelhas sejam erradicadas, ao mesmo tempo que tentam reduzir a população das vespas assassinas para que não se propaguem.

Da Sputnik Brasil

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Site Por Dentro da Notícia em primeira mão. Clique em curtir no endereço baixo https://www.facebook.com/pordentrodanoticiaoficial/?ref=bookmarks

Next Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proibida a cópia. Entre em contato conosco