Artista come banana vendida como obra de arte por cerca de R$ 500 mil reais

Com fome, o artista David Datuna puxou a fruta da parede e comeu.

(Comedian, obra de Maurizio Cattelan, à venda na Art Basel, em Miami Beach
Imagem: Sarah Cascone)

Os frequentadores da feira de arte contemporânea Art Basel de Miami se divertiram ao tirar fotos com uma obra peculiar: uma banana grudada na parede com fita adesiva. A fruta colada com fita adesiva era obra do artista italiano Maurizio Cattelan. Valor da obra em reais chega perto de R$ 500 mil reais.

Mas, neste sábado (7), no entanto, o artista David Datuna puxou a fruta da parede e comeu. Em um vídeo enviado para sua conta do Instagram, David Datuna caminha até a banana, a tira da parede branca, descasca e come na frente de uma multidão curiosa. Sua “performance artística” é intitulada “Hungry Artist” (“Artista com fome”).

Confira o momento em que David come a fruta:

“Não destruiu a obra. A banana é a ideia”, afirmou ao jornal “Miami Herald” o diretor de relações com os museus da Galerie Perrotin, Lucien Terras.

“Performance minha. Adoro o trabalho de Maurizio Cattelan e realmente amei essa instalação. Estava uma delícia!'”, escreveu Datuna no Instagram ao compartilhar vídeos de logo depois que destruiu a obra de arte.

No vídeo dá para ouvir a reação de uma mulher. “Isso é tão estúpido, senhor”, diz.

Não se sabe se o ato de Datuna vai comprometer o valor da obra de arte ou se o Cattelan planeja comprar mais bananas para refazer sua peça.

iG 

Siga o Site Por Dentro da Noticia também no Instagram https://www.instagram.com/por_dentro_da_noticia_/?hl=pt-br, e fique por dentro de todas as novidades!

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Site Por Dentro da Notícia em primeira mão. Clique em curtir no endereço baixo https://www.facebook.com/pordentrodanoticiaoficial/?ref=bookmarks .

Resultado de imagem para anuncie aqui

Next Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proibida a cópia. Entre em contato conosco