(Cena do filme Operação Lula Livre Foto: Reprodução)

Na noite de quarta-feira (04 de setembro), o ministro da Justiça, Sergio Moro, pediu a abertura de um inquérito junto à Polícia Federal sobre o curta-metragem de ficção, exibido no YouTube, Operação Lula Livre. O filme mostra a filha do ex-juiz da Lava Jato sendo sequestrada em troca da soltura do líder petista.

Segundo o site O Antagonista, os autores do filme poderão ser processados por ameaça e apologia ao crime. O curta foi produzido e divulgado por um canal de esquerda na rede social.

A produção mostra o atual cenário político do Brasil. Uma cena mostra uma jovem que seria a filha de Moro, usando uma camiseta amarela, em um cativeiro. A personagem é chamada de facista na trama e os criminosos usam o site The Intercept como fonte de erros cometido pelo pai dela.

Pleno News

Siga o Site Por Dentro da Noticia também no Instagram https://www.instagram.com/por_dentro_da_noticia_/?hl=pt-br, e fique por dentro de todas as novidades!

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Site Por Dentro da Notícia em primeira mão. Clique em curtir no endereço baixo https://www.facebook.com/pordentrodanoticiaoficial/?ref=bookmarks .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here