(Foto: Boeing 737 MAX)

A Agência Europeia de Segurança Aérea (EASA) publicou nesta terça-feira, dia 12 de março, uma Diretiva de Aeronavegabilidade, com vigência a partir das 19h00 UTC, suspendendo todas as operações de voo de todos os aviões Boeing 737-8 MAX e 737-9 MAX na Europa. Além disso, a EASA publicou outra Directiva relativa a Segurança, com efeitos também a partir das 19h00 UTC, suspendendo todos os voos comerciais efectuados pelos operadores de países terceiros para dentro, ou fora da União Europeia, dos modelos acima mencionados.

Continua depois da publicidade

Tratam-se de medidas de precaução aplicadas pela agência europeia enquanto não são conhecidos relatórios mais concisos acerca do que provocou o trágico acidente do voo ET302 da Ethiopian Airlines envolvendo um Boeing 737 MAX 8 no passado domingo, dia 10 de março. Segundo a EASA foram tomadas “para garantir a segurança dos passageiros”.

A investigação do acidente é liderada pelas autoridades etíopes com o apoio do ‘National Transportation Safety Board’ dos EUA, uma vez que a aeronave foi projetada e construída nos Estados Unidos. A EASA ofereceu a sua assistência no apoio à investigação de acidentes.

A EASA analisa continuamente os dados assim que se tornam disponíveis. A investigação do acidente está em andamento, e ainda é cedo para tirar conclusões sobre a causa do acidente.

(newsavia)

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Site Por Dentro da Notícia em primeira mão. Clique em curtir no endereço baixo https://www.facebook.com/pordentrodanoticiaoficial/?ref=bookmarks .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here