Após crime dentro de escola em Governador Valadares, alguns pais buscaram seus filhos mais cedo.
Após crime dentro de escola em Governador Valadares, alguns pais buscaram seus filhos mais cedo.

Um estudante de 16 anos esfaqueou um outro aluno, de 12, dentro de uma escola municipal no Bairro Turmalina, em Governador Valadares , nesta ultima segunda-feira (17). Segundo a vice-diretora, Silvana de Souza, tanto o agressor quanto a vítima assistiram aula normalmente durante os três primeiros horários do dia.

Ainda segundo Silvana Souza, o crime ocorreu durante o recreio dos anos finais, que compreendem as turmas do 6º ao 9º ano. O adolescente chegou por trás e esfaqueou o outro aluno quatro vezes, depois pulou o muro da escola e fugiu. A vítima foi socorrida por um professor que estava próximo.

“O que nos chocou é que não teve briga antes. O agressor já chegou e esfaqueou, mas não há um motivo aparente”, relatou a vice-diretora. Segundo ela, ambos os alunos têm histórico normal na escola, sem registros de violência, e a vítima relatou que não tinha nenhuma relação com o adolescente que o agrediu.

O adolescente agredido foi socorrido pelo Samu e levado com consciência para um hospital da cidade. Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, ele levou quatro facadas; no abdômen, no ombro, no pescoço e no braço. Apesar dos ferimentos, ele não corre risco de morte.

Durante o início da tarde, vários pais foram até a escola preocupados com seus filhos. A direção buscou tranquilizar os pais e alunos, mas as crianças que estavam abaladas foram liberadas mais cedo nesta segunda-feira. Segundo a vice-diretora, as aulas seguirão normalmente durante a semana.

A assessoria de comunicação da Prefeitura informou ainda que o jovem agressor foi detido pela Polícia Militar após tentar fuga, e que a direção da escola e a Secretaria Municipal de Educação deram assistência aos pais, acompanharam o estudante ferido no Hospital Municipal, bem como avisaram à polícia e o Conselho Tutelar sobre o ocorrido.

A Polícia Militar, que afirmou que o menor foi encontrado na casa do avô. A PM disse ainda que ele confessou que tentou matar o colega porque ele teria “olhado torto” para ele e ainda teria xingado.

A PM contou também que o menor detido disse que iria matar um outro colega. “Ele vendeu um par de chinelos para outro aluno, e, como o comprador ainda não pagou a dívida, ele disse em nossa presença que iria matar esse outro aluno.” A polícia informou ainda que o menor jogou fora a faca usada no crime, durante a fuga.

Os responsáveis legais pelos jovens não foram encontrados  até a publicação desta matéria. Até a noite desta segunda-feira, o jovem detido seguia na delegacia. Segundo a PC, ele deve ser encaminhado ao Fórum de Governador Valadares na manhã desta terça-feira (18).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here